Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Faz hoje um mês que a Rússia invadiu a Ucrânia dando início a uma guerra na Europa, uma guerra que está a acontecer já aqui ao lado afinal. 

Ironia ou não, hoje quando entrei no carro e o rádio ligou passava a música “Dança de um dia normal” do Miguel Araújo. Estava eu a pensar no que será um dia normal nos dias que correm, quando a malta das Manhãs da Comercial falou exatamente no mesmo. 

O que será um dia normal para aqueles milhões de pessoas que estão a viver a guerra na pele…. Será que algum dia voltarão a ter um dia normal? Voltarão às suas vidas a ser normais? Como será que se vive depois da guerra acabar? E quando será que está guerra acaba? 

Andamos todos, e eu não sou exceção, nas nossas vidinhas às vezes a queixarmo-nos de coisas que afinal até são pequenas e a guerra a acontecer aqui tão perto. Podem algumas até não ser tão pequenas assim, bem sei que há coisas e situações muito complicadas na vida de cada um, mas acho que nada se pode comparar com a guerra.

Acho que só quem vive algo tão avassalador pode dar o devido valor. 

As imagens que nos chegam são cruéis, mas uma crueldade real… Fico de coração partido a ver aquelas pessoas, adultos, velhos, crianças (…as crianças então…) com as suas vidas desfeitas, sem saberem ainda o que o futuro lhes reserva, ou até se terão futuro…

E a todos nós o que será que nos espera também? Confesso que a ideia de uma terceira guerra mundial me atravessa o pensamento com alguma frequência. 

Tudo o que mais desejo é que na Ucrânia 🇺🇦 em particular e para a humanidade em geral todos voltem a saber o que é um dia normal.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:50


9 comentários

Sem imagem de perfil

De Carlod Marques a 25.03.2022 às 08:57

Quem começa com uma mentira, nunca acaba a dizer a verdade. Falta saber se mentiu por ignorância, ou se faz parte dos que fazem propositadamente propaganda falsa.

A Rússia não começou guerra nenhuma. A Rússia andou 8 anos a ver a Ucrânia a matar +13 mil ucranianos russófonos no Donbass, a proibir partidos da oposição, a celebrar nazis (até em votações da ONU em que ficou isolada só com os EUA), a violar acordos de paz de Minsk, e finalmente a ameaçar também uma guerra Crimeia, e a fazer uma declaração de guerra no dia 19-Fevereiro em Munique, com a sugestão de armas nucleares à mistura.

Perante a estupidez do lunático Zelensky, a hipocrisia dos idiotas úteis da UE, e a maldade do Império das Mentiras, a Rússia fez o que tinha a fazer para se proteger, para salvar vidas no Donbass e Crimeia, e para colocar fim à guerra que dura há 8 anos, e da qual o Ocidente não quis saber. E como diria Montesquieu, a culpa não é de quem tem de entrar na guerra, é de quem a tornou inevitável.

O nível de mentira e propaganda é tal, que a maioria das pessoas nem sabe que foi Putin quem mais tentou que os acordos de paz de Minsk fossem cumpridos, que só tem bombardeado alvos legítimos, que a Ucrânia e os seus batalhões nazis é que estão a cometer crimes de guerra ao colocar artilharia pesada em zonas civis (para criar escudos humanos), e que tudo isto teria sido evitado com duas frases: Zelensky a dizer que aprendeu com a história de neutralidade da Finlândia, e Biden a garantir que a Ucrânia nunca entraria na NATO.
Era assim tão difícil ou inaceitável dizer estas duas frases? O actual cenário é melhor? Para quem?

Se a Rússia tem tanto a perder, e se Putin é conhecido como um exímio e experiente estratega, só gente muito ignorante ou paga para espalhar mentiras, pode achar que o Putin queria isto "porque é mau". É este o nível de infantilidade argumentativa... Se assim fosse, não teria tido abertura para começar negociações de paz pouco após a invasão começar. E mais uma vez pergunto: o lado invadido e claramente perdedor, ainda não aceitou o acordo porquê? Continuar a guerra interessa a quem? É inaceitável desnazificar o batalhão Azov? É inaceitável voltar a legalizar a língua russa? É inaceitável reconhecer o direito humano à autodeterminação dos povos do Donbass e da Crimeia? Os acordos de paz de Minsk (apadrinhados por França e Alemanha) são inaceitáveis para o poder em Kiev? Porquê?

Mas agora que faz um mês de invasão (com 13x menos mortos do que o total de mortos no Donbass de que a Europa não quis saber), ou seja, um mês de entrada da Rússia na guerra que a Ucrânia insistiu em continuar por 8 anos, há um pormenor que diz fanto da lavagem cerebral que anda aqui na Europa: ainda não houve uma única notícia sobre o número de mortos das forças ucranianas. Até o Kim Jong-un já deve ter criado uma task force para estudar como se faz propaganda e lavagem cerebral a este nível...

Desejos: que a paz venha depressa colocar fim à guerra de 8 anos, que o exército europeu (sem EUA) faça a NATO ter os dias contados, que a guerra económica chegue também depressa ao fim pois com essa sofremos todos e só ganham as oligarquias do regime autoritário de Washington que quer tornar a Europa dependente dos EUA (que é um regime tão criminoso que quase faz a Rússia parecer um anjo), que a liberdade de imprensa seja restaurada na Europa incluíndo com a libertação do jornalista Assange que se atreveu a denunciar os crimes de guerra dos EUA/NATO, que a desdolarização da economia mundial e a substituição do SWIFT sejam ainda mais rápidas do que já era previsto de modo a acabar de vez com o neocolonialismo do Ocidente, que o Apartheid de Israel tenha sanções tão más ou piores que estas e as vítimas Palestinianas recebam finalmente a solidariedade que merecem, e que os nazis de Azov tenham TODOS covas bem fundas cavadas pelos que estão do lado certo da história. E o lado certo da história é sempre de quem combate nazis (seja o Churchil, o Roosevelt, o Estaline, ou o Putin), não é o lado que dá armas a nazis (seja o Hitler, a Ucrânia, ou os países da NATO/EUA/UE).
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 25.03.2022 às 12:29

Carlos Marques,,não vale a pena, a propaganda é omnipresente, mesmo com os documentos oficiais em organismos oficiais que atestam oque referiu e que se encontram disponiveis na ONU, na OSCE, nos videos oficiais das reuniões da ONU e da Conferência de Munique,etc, etc, etc - a lista é interminável - só interessa a propaganda, mas como chegámos a isto metem uma nuvem de fumo tremenda para manipular as percepções.
É como quererem quererem vender que "os russos estão a perder porque estão a encontrar IMENSA resistência".
É de quem não sabe que os russos também estudaram Von Clausewicz e que há >duas< formas de vergar o inimigo - ocupando as cidades e/ou destruindo as forças armadas. Os russos estão a ter bastante sucesso na segunda, e não se quiseram meter na primeira, para evitar baixas próprias e da população.
Os unicos comentadores que ainda vão dizendo (alguma) coisa-com-coisa são alguns majores-generais que gosto de ver os entrevistadores a tentar enquadrar as perguntas não vão eles dizer verdades inconvenientes...
Como ontem a história do "fósforo branco" e o Major-General a dizer "ah isto é normal a NATO e os Estados Unidos usam com regularidade nos treinos até eu já usei e também usadas nos conflitos da Jugoslávia, do Afeganistão, do Iraque,da Síria - isto não é uma arma "proibida"" - e o jornalista a contorcer-se todo...
E depois é o sentido de "urgencia" - "porque é que não tomam as cidades" - Belgrado (Jugoslávia) foi bombardeada por 78 dias e nunca a NATO lá meteu as tropas - no Iraque foi preciso mais de 1 mês de bombardeamentos antes sequer de avançar no terreno.Mas dizem foram "cirurgicos". Aldra.
Não querem perceber que os russos junto a Kiev se destinam (também) a segurar e evitar que quaisquer reforços possam dali partir e do oeste para socorrer as forças militares ucranianas a sul e a leste,já quase cercadas...
É só aldrabice.
Como a "heroína" Madeleine Albright que terá boa companhia no Inferno quando questionada nos "60 Minutos" (vejam na net) como respondia ao meio milhão de crianças iraquianas que morreram das faltas básicas pelas sanções impostas ao Iraque respondeu "valeu a pena".
Sem imagem de perfil

De sidonio terralheiro a 25.03.2022 às 14:06

sidonio terralheiro
Subscrevo o comentario na integra de De Carlod Marques
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 25.03.2022 às 15:52

De Carlod Marques, devias ser terminantemente proibido de andar a fumar sempre dessa merda. Isso dá-te cabo do único meio nerónio que ainda tens. O Putin é um santo. Ninguém se esquece daquele caso em que meia dúzia de nazis invadiram o teatro de Moscovo, cheio com mais de 700 pessoas, a ameaçar o Putin disto e daquilo, que faziam reféns e etc.. E foi assim que o santo Putin, porque queria matar aquela meia dúzia de nazis, ordenou que se matasse toda a gente. Não ficou ninguém para contar a história. O mesmo se vai passar na Ucrânia. O santo Putin vai arrasar aquilo tudo, o único sobrevivente vais ser tu e vais ficar encarregado de contar a história ao caralho.
Sem imagem de perfil

De vawos la ver a 25.03.2022 às 20:31

é mesmo assim : as pessoas nao se questionam, nao se dao conta do que comem e do que falta.

Sao simples, imediatas e sem historico.

Mesmo com estas noticias, que lhe sao dirigidas em massa, nao raciocinam a importancia demoniaca e genocidio do dolar.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 25.03.2022 às 16:28

F***-se!! é só trampa nessas cabeças!
Sem imagem de perfil

De vawos la ver a 25.03.2022 às 20:22

esta guerra foi prevista muitos, muitos anos antes. Nos ultimos anos tem sido assunto de negociaçao ao mais alto nivel.
Esta guerra era evitavel, tambem porque o resultado era evidente. (A ver vamos ).

Quem preferiu esta guerra tinha perfeira consciencia que estava a envolver o mundo, a ameaça-lo.

Até pode ser que a proxima paz dure, que se eternize, mas existe agora possibilidade de guerras justamente devido a esta guerra.

Por mais normais que sejam os dias , e a vidinha, e mesmo que esta guerra acabe hoje, a ameaça instalou-se, ficará.
Sem imagem de perfil

De vawos la ver a 26.03.2022 às 01:10

o dado é : a russia invadiu a ucrania.

E agora uma novidade , é novidade só porque nao é referida em lado nenhum :

Sao 100 mil ou 150 mil soldados russos e outros tantos ucranianos.

Mas sao 15 milhoes !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! de ucranianos armados, o que dá um ucraniano em cada predio.
Sem imagem de perfil

De frar a 20.05.2022 às 14:30

Os boys e girls do sistema vivem do controlo dos Media:
- nos Media não existe espaço para a voz contrária.
.
Adiante.
.
.
.
A ARMADILHA DE ZELENSKY/GURUS' DA NATO
.
A NATO dispunha de armas da alta tecnologia... com capacidade de provocar elevados danos no exército russo,
(pois... e... uma oportunidade para as multinacionais fazerem compras no caos da Ucrânia).
No entanto,
era necessário provocar a Russia no sentido de intervir...
.
Gurus' da NATO (em conluio com pseudopatriotas de Zelensky) protagonizaram um festival de ameaças/provocações à Russia...
.
Depois de Putin decidir intervir... gurus do Ocidente fizeram uma festa:
- «Depois da guerra da Ucrânia, a Rússia ou será um súbdito da China ou um futuro membro da União Europeia».
[os russos poderão ter pensado que poderiam estar perante uma ratoeira... todavia, no entanto...]
.
Mais:
- depois de provocar a Russia no sentido de intervir... o Ocidente procurou isolar a Russia:
-> "todos unidos no saque a um território imenso"
[um território imenso com apenas 140 milhões de habitantes]
.
.
.
A NATO, Zelensky, ninguém tem interesse na Taxa Tobin como instrumento/mensagem de paz.
Sim:
- O cidadão de Roma da NATO é uma ameaça aos povos autóctones que reivindicam explorar as suas riquezas naturais.
.
Pois é:
- Zelensky (e seus boys pseudopatriotas) são mercenários das negociatas das multinacionais (em conluio com a máfia do armamento).
.
.
.
A Russia poderá ser a líder do MUNDO LIVRE: povos que não estão interessados em vender as suas riquezas a multinacionais.
.
.
.
* * * * *
.
.
.
Mensagem de paz que o Ocidente deve ao planeta:
-> INTRODUÇÃO DA TAXA TOBIN.
(povos autóctones a explorar as suas riquezas) .
.
---> A Taxa Tobin seria utilizada:
- para a formação de pessoal técnico;
- para a formação de empresas autóctones...
e seriam estas empresas, e não as multinacionais Ocidentais, a explorar as riquezas autóctones.
.
.
Sim:
- o Ocidente XX-XXI é mais do mesmo:
- inúmeras revoluções/guerras fabricadas pelo Ocidente XX-XXI culminaram exactamente no mesmo resultado final: a exploração de riquezas passou a ficar na posse de multinacionais Ocidentais.
.
Sim sim sim:
-> não são empresas russas... mas sim, multinacionais Ocidentais, que andam por aí a explorar as riquezas de outros povos.
.
.
.
Uma outra mensagem de paz que o Ocidente deve ao planeta:
-> DEVOLUÇÃO DE TERRITÓRIOS ROUBADOS A POVOS AUTÓCTONES
Sim:
- o Ocidente possui um largo historial (de SÉCULOS) de roubo de territórios, e de saque de riquezas, a povos autóctones (da América do Norte, do Sul, etc).
[o europeu-do-sistema ambiciona fazer aos russos aquilo que foi feito a povos autóctones da América do Norte, do Sul, etc]
.
.
.
* * * * *
.
.
.
Identitário, queres viver em Liberdade no planeta:
-> DIZ NÃO AO DISCURSO DE ÓDIO, DE HIPOCRISIA, COM MAIS DE 2000 ANOS!
.
.
Mais do mesmo: ódio cidadanismo de Roma (discurso dos europeus-do-sistema):
- é o velho discurso de ódio tiques-dos-impérios, isto é, ódio à existência de outros, isto é, o ódio à existência de povos autóctones dotados da Liberdade de ter o seu espaço e prosperar ao seu ritmo.
.
.
Cidadanismo de Roma XX-XXI:
- está, hipocritamente, travestido de 'combate ao racismo e xenofobia'.
.
Pois é:
- o cidadão de Roma europeu possui um largo historial de sabotagens sociológicas a povos autóctones com intenções Identitárias...
.
.
.
Adiante:
- Os Identitários reivindicam Liberdade/Distância/Separatismo dos boys e girls da laia dos europeus-do-sistema; por motivos óbvios:
-> NA ORIGEM DA NACIONALIDADE ESTEVE O IDEAL DE LIBERDADE IDENTITÁRIO:
- «ter o seu espaço, prosperar ao seu ritmo».
Não foi:
- o ódio tiques-dos-impérios!...
.
.
SEPARATISMO 50-50:
- os globalization-lovers, UE-lovers, etc, que fiquem na sua (possuem imensos territórios ao seu jeito)... respeitem os Direitos dos outros... e vice-versa.
.
-» blog http://separatismo--50--50.blogspot.com

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


bertrand


Instagram


2021 Reading Challenge

2021 Reading Challenge
Cátia has read 1 book toward her goal of 12 books.
hide




Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2010
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2009
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D



Comentários recentes

  • frar

    Os boys e girls do sistema vivem do controlo dos M...

  • vawos la ver

    o dado é : a russia invadiu a ucrania.E agora uma ...

  • vawos la ver

    é mesmo assim : as pessoas nao se questionam, nao ...

  • vawos la ver

    esta guerra foi prevista muitos, muitos anos antes...

  • Anónimo

    F***-se!! é só trampa nessas cabeças!