Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Ontem tive um dia de férias (daqueles que não se conseguem gozar em devido tempo por excesso de trabalho e depois gozam-se quando dá, um de cada vez). Os horários são os mesmos, pois há miúdos para deixar na escola. Às oito e meia já estava de volta a casa e a tomar o pequeno almoço tranquilamente. Deu para fazer um bocadinho de tudo. Vi as notícias, vi as minhas séries, li o meu livro e ainda consegui ir dar uma voltinha aqui perto, para espreitar os estragos da tempestade. Aqui há beira rio foram bastantes, felizmente sem consequências de maior. 

E à tarde podia ter-me dado para pior, mas deu-me para passar a ferro como se não houvesse amanhã. Caramba, a quantidade de roupa que eu passei. Quando me dão estes repentes tenho de aproveitar, pois são raros e a roupa acaba por se acumular mais do que deveria. Salva a situação o meu marido que nas folgas dele vai passando também. Aliás passa muito mais do que eu. Eu tenho um grave problema, O-DEI-O roupa, mas odeio quase de morte. Do por para lavar, separar para colocar na máquina, por a máquina a lavar, estender (socorro...), apanhar e finalmente passar... odeio. Sempre que posso a roupa sai do estendal ou do secador o mais direita possível e dobro e arrumo. Não é o ideal, mas é o que temos. Odeio roupa. Não sei se já disse isto, mas odeio roupa. Lavo e limpo uma casa inteira as vezes que forem precisas, agora a roupa, senhores, a roupa é o meu martírio. 

IMG_1558.JPGMesmo com a odisseia da roupa, foi um dia bom. Gosto de dias produtivos, de chegar ao fim e pensar, hoje deu para tudo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:58

Esta semana que passou o tempo começou a ficar mais chuvoso, as temperaturas baixaram qualquer coisa e começou a ser preciso um agasalho pela manhã. A minha criança mais pequena que só quer é andar de t-shirt e calções mas eu disse-lhe na quarta feira que fosse vestir umas calças. E não é que não coube em nenhumas das que tinha!? Está mais alto e mais encorpado. Eu já tinha dado conta que ele já não está tão lingrinhas como antes, até algumas t-shirts foram deixando de servir durante o verão, os calçanitos escaparam, menos uns centímetros no calção não fazem mossa, excepto dois que deixaram mesmo de apertar na cintura. Há já muito tempo que não me via, assim de um momento para o outro, sem roupa para a criança vestir. Lá fomos ontem numa incursão até à Primark (baratinho e coisas giras) comprar duas calças de ganga e umas de algodão. Para já vai dando e para o Natal pedimos ao velho das barbas que nos traga outras tantas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:57

Quer parecer-me que este inverno, a minha roupa de verão sofreu alguma espécie de ataque enquanto esteve guardada. Culpa de um inverno que a mim me pareceu interminável e ainda assim teima em querer voltar. Deve ter sido alguma nova espécie de bicharocos que no escondidinho comem a roupa e ela encolhe... pronto, vá...ou então não... se calhar sou eu que tenho de fechar mais a boca e comer menos, que do exercício não há-de ser, que eu faço e não faltei a nenhuma aula de hidroginástica. Pequena lontra...

Os calções e as calças estão todos à pele ou não servem de todo. Os vestidos estão assim, assim, salvam-se as blusas e t-shirts. Estou tramaducha.

Está bonito isto...está, está. O verão à porta e o casamento a 3 meses e meio.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:40

Roupa de inverno

02.11.11

Ora pois que o feriado foi passado de volta da troca das roupas de verão pelas de inverno. Blargh.... Como a tarefa me custou, aliás custa sempre. Com direito a uma mega crise de alergia com nariz à Batatoon e tudo.

Como eu odeio o inverno, credo! Trocar tudo o que são t-shirts, tops, calções e vestidos leves, por camisolas de manga comprida, camisolões e vestidos de lã, echarpes por cachecóis e tudo e tudo e tudo. Mas o que tem de ser tem muita força, como tal, já está quase, que não consegui acabar afinal lá em casa somos três e a tarefa é só minha (ser mãe solteira tem destas coisas).

Os putos não param de crescer, o Manuel então nos últimos tempo à velocidade da luz, o que é um saldo negativo para mim, mas consegui reunir três sacos de roupa para dar, saldo positivo para quem recebe, que vou entregar no ATL dos meninos que este ano tem como tema a solidariedade. Estão envolvidos num projecto de solidariedade, com acções de voluntariado e tudo. Mais fácil é para mim que costumo entregar na igreja, mas que com os meus horários não compatíveis chego a ter os sacos meses em casa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:34

Roupa

31.10.10

Estou a trocar a roupa de verão para a de inverno, tarefa (penosa, por sinal) que adiei o máximo que pude, mas teve mesmo de ser. Lá me enchi de coragem e hoje é o dia. Quase me dói a alma só de ver tanta camisola e cachecol e afins, e de pensar na imensidão de meses que ainda faltam até poder usar outra vez toda a roupa que acabei de guardar. A minha já está, mas ainda falta a das pestes pequenas. Credo, como odeio tratar de roupa. Quando é que terei um "closet" daqueles tipo filme, para que todas as estações não haja este martírio da muda da roupa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:41

Roupa

29.12.09

Se há tarefa doméstica que abomino, é tratar da roupa, a sério. Cá em casa, como já vos disse somos três, e a criançada então é terrível a sujar. A roupa para tratar parece nunca ter fim, e desde o separar para lavar, ao engomar, venha o diabo e escolha. E depois ainda há que separar para guardar tudo, depois de tratadinho. Grrrrrrrrrrrrrrrrrrrr!!!!!!!!!!!!!!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:02


Mais sobre mim

foto do autor


bertrand


Instagram


2021 Reading Challenge

2021 Reading Challenge
Cátia has read 1 book toward her goal of 12 books.
hide




Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D



Comentários recentes