Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Depois das férias, o regresso às rotinas é sempre difícil, pelo menos cá em casa. Depois de duas semanas e meia fora de casa, sem grandes preocupações com horários, onde se veste o mais fresco e prático, chinelo no pé e pé na areia, sol e sal com fartura na pele, voltar a casa e realidade custa que se farta. Não mata mas mói, como dizia a minha avó.

Este ano, mais uma vez o regresso foi adiado o mais possível, há que aproveitar cada minuto das férias, voltámos mesmo na véspera de regressar ao trabalho, foi uma maratona nesse dia e aos finais de dia na semana seguinte para colocar casa e roupa em ordem e preparar o regresso às aulas dos miúdos, sendo que a mais velha já começou na sexta-feira passada. A casa, mesmo quando não estamos, não deixa de se sujar, os animais ficaram e o pet sitting é mesmo só para tratar deles, logo há muito para limpar. A roupa das férias não tem fim, cá em casa somos quatro, a máquina de lavar não tem descanso. É ela e eu. Com o regresso à escola logo ali ao virar da esquina, foi necessário também comprar materiais, ir levantar manuais no banco de livros escolares para o mais novo (mais uma vez recorri à reutilização de livros da reutilizar.org), encomendar os da mais velha (para o ensino profissional não consigo reutilizar por não haver oferta), ir ao supermercado para abastecer o frigorífico e a despensa, etc. É a chamada semana do demo. E ainda assim não sou nada stressada, vou fazendo conforme dá, um dia umas coisas, noutro dia outras coisas e sem panicar com o tanto que há para fazer, o importante é ir fazendo e dividir as tarefas por todos. Neste regresso às rotinas, ainda fizemos mudanças em casa e fomos uma noite ao teatro (bilhetes ganhos num passatempo bem catita). Abençoadas férias que nos ajudaram a carregar energias para chegar a tanto.

Com esta “loucura” a acontecer, se há coisa custa ainda mais é voltar a cozinhar e limpar a cozinha. O tempo não chega para tudo e a cozinha é perita em “roubar-nos” tempo, entre a preparação, confecção e limpezas e arrumações. Uma ajuda preciosa neste regresso às rotinas são os serviços de catering ao domicílio, que nos libertam para tudo o resto, enquanto magia acontece na nossa própria cozinha. 

Setembro é para nós o início de um novo ano, mais importante até que o ano novo. Mais um ano, mais uma volta, mais uma viagem. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:20

... a de hoje foi uma delas. Felizmente nem todas as manhã são como a de hoje. Foi um stress absoluto para mim. No meio da confusão o Manuel chegou dez minutos atrasado à escola. Eu que sou "relogiodependente" e gosto muito de ser pontual fiquei mesmo aborrecida com aquilo. E ele coitadinho só me perguntava: "E se a professora marcar falta?" Lá lhe expliquei que era pouco provável, mas ainda assim se acontecesse eu justificaria. A ver.

Hoje saímos todos de casa, pela primeira vez em muitos meses, o marido arranjou trabalho finalmente. Ora isto implica novas rotinas de manhã, pois estávamos habituados a sair e alguém ficar a tratar de tudo em casa. A ajudar à confusão ontem à noite fomos ao supermercado o jantar foi frango assado, comprado lá mesmo, para não chegarmos tarde e ainda termos de fazer o jantar e as compras todas para arrumar. Ou seja o jantar não foi feito a contar com os almoços do dia seguinte, tolice bem sei, ou melhor falta de lembrança, bastava ter comprado a mais e hoje levavam também. Foi preciso preparar os almoços e lanches de manhã. Adiante. Qual lei de Murphy, as coisas já estavam confusas, ficaram mais ainda, pois para primeiro dia de trabalho do marido que precisa de ir de transportes, logo havia de ser dia de greve do metropolitano, que ele vai usar diariamente. Eu não sei se dos nervos, da irritação ou lá do quê, deu-me uma indisposição tremenda, baixa de tensão, com umas cólicas horríveis, só pensei que me ficava ali (exagero, bem sei). Quando me recompus lá saímos finalmente de casa, mas que manhã, credo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:18

O que me custou hoje voltar à rotinas e aos horários das crianças não tem explicação. As aulas começam tão cedo, custou-me horrores levantar hoje. Parecendo que não quando os miúdos estão de férias durmo mais uma hora, e uma hora de soninho é uma hora, faz tanta diferença. Claro que a proximidade de casa com o local de trabalho também ajuda. Durante o tempo de aulas chego ao trabalho 45 minutos antes da hora, no mínimo, com os miúdos de férias basta-me sair de casa 15 minutos antes, mas como gosto de chegar cedo, saio meia-hora, assim ainda tenho tempo de beber o cafézinho sem ninguém me chatear.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:48

Que semana...

16.09.11

Semana de regresso às aulas = caos!!!!!!

Estou cansada, são mil coisas para fazer, mas tudo se faz. Reuniões, compras, livros e livros esgotados, novos (velhos) horários outra vez, novas rotinas, carradas de material para identificar (logo fazer etiquetas, muitas) e organizar, muito trabalho e ainda a arranjar tempo para coisas novas e boas pelo meio. Os meninos vão começar a natação e eu aproveitando os mesmo horários vou começar a hidroginástica. É o chamado dois em um. Há algum tempo que queria fazer exercício,  mais concretamente hidroginástica, e finalmente é possível. Quando se é mãe solteira, não é fácil gerir a coisa, pois se eu fosse para algum ginásio ou coisa que o valha, onde ficariam as crianças? Assim, e com os horários coincidentes, já posso. É bom, é algo que queria muito. A Bárbara então está em êxtase também. Dito pela própria: - Oh mãe, era o meu maior sonho! Eu queria tanto ir para a natação. - Até me emocionei. Fica um obrigada aos tios que patrocinam as aulas dos meninos.

Valha-me o fim-de-semana pela frente (TGIF!!!!) para me conseguir orientar. Tenho muito para fazer e ainda faço questão de ir um bocadinho até à praia. Afinal é o último fim-de-semana de verão, que temos o Outono à espreita (infelizmente...).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:53

Voltar à rotina

07.09.11

Esta semana está a ser um voltar às rotinas de sempre. As crianças voltaram de férias (e se tiveram férias este ano. Como é bom ser criança!), o ATL já abriu, as aulas estão quase a começar, e como tal há de novo horários a cumprir, e rotinas a retomar. Para mim é preciso levantar mais cedo  e para eles com hora marcada, há pequeno-almoço para tomar, lanches para preparar,  a criançada primeiro que se vista e despache é um caso sério, que isto de manhã é difícil e o sono atrapalha um bocadinho.

No regresso a casa também tudo muda, eu que sem crianças tenho horas para entrar mas não tenho horas para sair, agora tenho de novo horas certas para sair, e os dias são a maior correria. Crianças para ir buscar, banhos, jantar, bicharada e tudo mais.

Se por um lado as rotinas são boas e horas marcadas fazem falta e juntas regem o dia-a-dia, acho que seria tudo muito melhor se pudesse viver sem horas a cumprir, sem viver a vida de quase de cronómetro no mão, ou sem ser relógio-dependente.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:31


Mais sobre mim

foto do autor


bertrand


Instagram


2021 Reading Challenge

2021 Reading Challenge
Cátia has read 1 book toward her goal of 12 books.
hide




Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D



Comentários recentes