Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Eu assinei

23.11.15

peticao.jpg

Petição pela Equidade no Acesso ao Rastreio, Diagnóstico e Tratamento das mulheres com Cancro da Mama

O cancro é a segunda causa de morte em Portugal e tem impacto na vida de quase todas as famílias portuguesas.

As doenças oncológicas terão um aumento de incidência – segundo as previsões da OMS - e poderão atingir um em cada quatro europeus durante a sua vida.

Hoje em dia conhecem-se cada vez melhor os mecanismos do cancro, algumas formas de o prevenir e existem tratamentos cada vez mais eficazes e com menos efeitos secundários.

Perante o impacto psicológico, social e epidemiológico desta doença, pede-se que exista:

1. O acesso equitativo ao programa de rastreio de base populacional do cancro da mama em todo país. A Liga Portuguesa Contra o Cancro foi pioneira no rastreio do cancro da mama e como parte da sua missão acredita que este deve ser alargado a todo o país, nomeadamente ao Distrito de Lisboa e de Setúbal. Acima de tudo é uma questão de equidade e justiça para com todas as mulheres que devem ter direito a usufruir do Programa Nacional de Rastreio do Cancro da Mama, independentemente do local onde vivem.

2. A garantia de que, em casos de suspeita clinicamente demonstrada, exista acesso em tempo útil a um serviço hospitalar com capacidade de diagnosticar e tratar todos os doentes;

3. A garantia de acesso aos melhores tratamentos disponíveis, nomeadamente os mais inovadores e eficazes, nas mesmas condições que nos outros países da União Europeia e sem discriminação geográfica nacional. Isto inclui acesso a cirurgias, radioterapia e medicamentos de comprovada eficácia, conforme recomendações internacionais, dentro dos tempos clinicamente estabelecidos.

4. Garantia de que os doentes tenham acesso a toda a informação existente sobre o cancro, nomeadamente: hospitais, serviços, especialistas, medicamentos, meios complementares de diagnóstico, investigação científica, apoios sociais e toda aquela que julguem relevante ou importante para o seu caso particular.

5. Os cidadãos, doentes ou familiares possam ter voz activa nas decisões públicas sobre o cancro.

Perante o exposto e agora pedido, vimos instar:

- Os deputados eleitos à Assembleia da República para que discutam o tema do Cancro da Mama e criem um grupo de reflexão sobre o cancro em sede de Comissão Parlamentar de Saúde;

- Os deputados eleitos à AR para que encontrem um consenso parlamentar produzindo uma recomendação ao Governo que coloque a luta contra o cancro como uma prioridade nacional;

 

Subscreva aqui. Faça parte desta causa.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:21

Hoje é Dia Nacional de Prevenção do Cancro da Mama. Prevenir e vigiar são palavras de ordem nesta que pode ser uma luta sem igual. Hoje e sempre.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:37

Ganhei, boa!! Fiquei mesmo contente! Ganhei uma inscrição para Corrida Sempre Mulher, no próximo dia 8 de Novembro, num passatempo Ultimate Beauty do Sapo Mulher. Ora aqui está um bom motivo para correr e dar a cara por uma causa. Lá estarei!!!!!!!!!!!!!!!

 

mulher.sapo.pt/lazer/passatempos/passatempo-ultimate-beauty-nao-1027447.html#

 

http://www.corridasempremulher.com/

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:55


Mais sobre mim

foto do autor


bertrand




Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2015
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2014
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2013
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2012
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2011
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2010
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2009
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D



Comentários recentes