Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Vi hoje no feed de notícias do facebook este post sobre roupa sem género. Oi?! Fiquei sem saber muito bem o que pensar. Tenho para mim que isto é só um bocadinho parvo. Todos temos um género. Quer gostemos ou não, quer o assumamos ou não, quer sejamos homossexuais ou não. O género existe sempre, natural ou cirurgicamente definido, ou até sendo contrariado pela postura ou opção de cada um. Ninguém existe sem género! Porque não vestir as crianças em conformidade? Se de hoje a amanhã quiserem mudar, tudo bem na mesma.

Com isto da roupa sem género, está a sociedade só a levar as coisas a um exagero ou extremo desproporcionado. Nem tanto ao mar nem tanto à terra. Defendam-se liberdades e direitos, isso com unhas e dentes, agora isto acho que é demais, aliás apenas tolo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:15


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 17.11.2017 às 12:11

Eu confesso que ainda ando um bocadinho à nora com esta questão dos géneros. "De repente", temos pessoas com "género fluido", ou que não se identificam nem como género masculino ou género feminino, mas como outro género qualquer. Não que esteja a criticá-lo, mas ainda me custa a compreender, o problema é meu.

No entanto, no que toca a roupa "sem género" para bebés e crianças... não tenho nada contra, pelo contrário. Sempre me irritou o "rosa para menina, azul para menino" - sobretudo porque sempre gostei mais de azul. Na infância, ainda não existem características sexuais secundárias. Na minha opinião, não é necessária tanta distinção nos géneros das roupas. Se houverem meninos a usar saias e vestidos, não vem mal ao mundo.
Imagem de perfil

De nada acontece por acaso a 17.11.2017 às 23:15

Outro género qualquer?! Medo, muito medo... Estou na ignorância.
Quanto a roupas de criança, os meus filhos não foram de facto o estereotipo, ela vestia azul com fartura e ele cor de rosa, não me preocupei nunca com isso. Se gostava de uma peça, eles usavam. Ela de calças e ele de cueiros por exemplo. Mas isso não deixou de identificar o género de cada um.
Sem género é que não consigo entender.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


bertrand


Instagram


2021 Reading Challenge

2021 Reading Challenge
Cátia has read 1 book toward her goal of 12 books.
hide




Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2015
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2014
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2013
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2012
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2011
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2010
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2009
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D



Comentários recentes