Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Atingimos hoje o número mais elevado de sempre de novas infeções por covid-19. 10.027 novos casos. Dez mil e vinte e sete novos casos. É tão mau em número como por extenso. E agora? A capacidade de internamento em Lisboa está no limite. A Ministra da Saúde mandou suspender todas as actividades não urgentes nos hospitais de Lisboa. Deus nos livre de ficarmos doentes. Notícias como esta deixam-me alarmada, confesso. Continuo a ver muitas pessoas a comportarem-se como se nada se passasse. Ter vista para uma via pedociclável junto ao rio, tem muito que se lhe diga. São dezenas de pessoas, em maior ou menor grupo, a cruzarem-se a terem de pedir licença para passar entre si. Sem máscaras, claro está.

Se calhar este estado de emergência só não é suficiente. Ah e tal a economia não pode parar e as pessoas estão sem trabalho, etc. Sei disso tudo, mas os hospitais sem capacidade de resposta também é muito grave e as pessoas começarem a morrer em consequência disso também. Assim como o brutal encargo financeiro do SNS com tantos doentes seja em casa seja hospitalizados. E aí a ecomonia fica onde? É tudo mau, não há um assim assim.

E agora o que nos espera? Nada de bom num futuro próximo, é o que me quer parecer. Aguardemos para ver. Entretanto protejer e prevenir são palavras de ordem cá casa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:52


2 comentários

Imagem de perfil

De Luísa de Sousa a 07.01.2021 às 14:59

Está a ficar muito complicado!

Beijinhos
Feliz Dia
Imagem de perfil

De nada acontece por acaso a 07.01.2021 às 22:27

Acho que devíamos estar todos bastante preocupados.

Beijinhos.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


bertrand


Instagram


2021 Reading Challenge

2021 Reading Challenge
Cátia has read 1 book toward her goal of 12 books.
hide




Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D



Comentários recentes