Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Aqui está um tema que mexe comigo e muito. Eu sou muito mais de agradecer do que de pedir. Nem sempre fui assim, a vida ensina muito e ainda bem. Hoje em dia agradeço e lembro-me de agradecer pelas mais pequenas coisas. até aquelas que ninguém dá o devido valor. Coisas que só colocamos em perspectiva quando passamos por determinadas situações. Faz-me muita confusão quem só pede e acha que está sempre de mal com a vida. É tão bom agradecer. Pela saúde que tenho, pelo trabalho, por ter um tecto, comida na mesa e roupa para vestir. Pelos meus filhos, que se estão a tornar pessoas integras de bom coração. Por cada conquista da minha filha neste mundo tão difícil para com quem é diferente. Ser surdo não é doença, mas é uma limitação aos olhos da sociedade. Pelos dias de sol que este país à beira-mar plantado são mais que noutros países por esse mundo fora. Por, há quatro ou cinco anos, ter descoberto as minhas irmãs (filhas do meu pai). Pelos amigos que são família. Pelo blog que mantenho quase há dez anos nesta família do sapo blogs e os seguidores que tenho. Em resumo pela vida que tenho, que longe de ser perfeita ou um conto de fadas é  perfeita do seu jeito.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:17


4 comentários

Imagem de perfil

De Miluem a 22.09.2019 às 17:15

Olá
Há sempre motivos para estarmos gratos e a maior parte das vezes nem os reconhecemos.
Imagem de perfil

De nada acontece por acaso a 23.09.2019 às 23:17

É verdade. E quando aprendemos a agradecer vimos as coisas de uma maneira muito melhor
Imagem de perfil

De A 3ª face a 03.10.2019 às 09:12

Afinal e infelizmente, temos mais em comum do que eu julgava!
Imagem de perfil

De nada acontece por acaso a 03.10.2019 às 11:10

As coisas que se descobrem nesta família sapo blogs
Um beijinho

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


bertrand

#LERÉPODER 2020 - Mrec

Instagram


2020 Reading Challenge

2020 Reading Challenge
Cátia has read 0 books toward her goal of 14 books.
hide




Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D



Comentários recentes