Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




5f06834c40be231e18cb6395-large.jpg

O novo ano está quase, quase a chegar e confesso que quero muito que se o ano velho se vá, que as memórias não são as melhores. Não foi tudo mau, seria injusta se assim pensasse, mas faltam pessoas e afectos, estou farta de estar fechada em casa, nesta clausura forçada. Também sei que não é com o passar da meia-noite que tudo muda como que num clique, qual desenho animado, mas tenho esperança no ano que agora começa. Temos a vacinação já a acontecer e isso deixa-me motivada para o melhor que está para vir.

Que 2021 seja esperança, haja harmonia, paz e muita saúde. Que voltem os beijos e os abraços, hajam brindes e convívios. Tudo a seu tempo. Feliz 2021!!!!!

depositphotos_131567362-stock-photo-new-years-eve-

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:50

Feliz Natal!!!

24.12.20

D5AC3BFB-07D0-400E-831E-F1FF72ACC4BA.jpeg

Que neste ano tão atípico o Natal seja o melhor possível para todos, é o que mais desejo.

Tenho saudades da família, dos amigos, das minhas pessoas. Tenho saudades de uma vida normal, mesmo sendo o meu normal. Que no próximo ano tudo seja diferente e normal outra vez.

Feliz Natal 🎄!!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 15:32

Hoje vi o novo programa da SIC, "Abraços com história". Fiquei lavada em lágrimas, o meu coração não aguenta. Sempre me emocionei com tudo o que tenha a ver com a terceira idade. Os velhos e como são destratado no nosso País, na nossa cultura. Este ano, se foi difícil para todos, para quem tem mais idade e está fechado, afastado dos seus, nos lares, há de ter sido um sofrimento imenso. Nem consigo imaginar.

Fiquei mesmo comovida. Aqueles abraços sentidos de quem não abraça há muito tempo, demais até. De que me queixo eu por não ver as minhas irmãs e sobrinha? Nós temos muito tempo ainda pela frente, se tudo correr bem, quase mais meia vida. Uma vida inteira para a pequenina no alto dos seua quase três anos. Mas as pessoas que vi hoje, não. As emoções que se vi no programa, vivi-as como se fossem minhas. Caramba, que murro no estômago. Vidas inteiras de conhecimento, tanto que hão-de ter tido para dar e agora resumidas a estes abraços, que são os possíveis. Maldito vírus. Bem haja quem teve a ideia de ainda assim proporcinar aquelas pessoas que se aproximassem, que se abraçassem. Se não viram, vejam. Vale cada segundo. É espreitar aqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:14

E o que eu estava a precisar de um dia assim. Nem me tinha dado conta, no atropelo de todos os dias. Só quando deitei a cabeça na almofada, à noite, e fiz a minha retrospectiva do dia é que tive plena consciência disso. Ontem foi um dia bom.

Ia na estrada a caminho das minhas aulas de LGP e fui surpreendida com este arco-íris que me acompanhou até ao destino. Só podia ser sinal de coisas boas, e foi. Era dia de apresentação, avaliação portanto, e correu muito bem. Senti-me confiante, confortável e todos gostaram. Boa nota no final .

C3032BA7-25C8-49BD-838D-3DEBBE71BD7E.jpeg

De seguida ainda cheguei a tempo de aproveitar uma oferta da Câmara Municipal de Oeiras aos seus munícipes e fui levantar a minha estrela de Natal. É linda! Obrigada CMO.

97015BC9-D780-40FD-A5E7-2119A8EB113B.jpeg

À tarde pintei o cabelo e escondi a imensidão de cabelos brancos que teimam em aparecer. A idade tem destas coisas e não perdoa. Depois fui à manicura e arrisquei numa novidade para mim. Pintei as unhas de preto e não e que gostei? Foi um programa de mãe e filha, a Bárbara também foi, e é sempre tão bom ter um tempinho só para nós deixando os rapazes de fora.

D4E99744-8A9C-4146-8040-52CAA1A93D08.jpeg

O dia terminou com um jantar que agradou a todos. Sushi para uns e Mac para outros. O sushi, a minha comida preferida, que acompanhei com um belo vinho rosé, soube-me pela vida.

4CADCEB3-43E9-47D6-88ED-0B85BB045638.jpeg

Ontem foi um dia bom. Venham mais dias assim. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:45

Natal 2020

08.12.20

B2B2D605-076E-412C-A27C-C15F424BC2A5.jpeg

O Natal chegou cá a casa. Este ano não irei fazer árvore grande, ando sem espírito, este bicho 🦠 está a afectar-me mais do que queria. E cá em casa felizmente estamos todos até à data sem bicheza nenhuma. Mas não queria deixar de assinalar a época. 

Faltam-me as minhas pessoas, faltam-me os abraços, faltam-me os beijos, eu sou de abraços e afectos. Tenho de fazer um esforço de memória para me lembrar a última vez que abracei alguém. Foram as minhas irmãs, em Setembro, depois sete meses sem as ver, e ainda assim a medo, a muito medo. Mas as saudades falaram mais alto. 

O Natal chegou cá a casa. Apenas ontem e muito a tempo. Quando eu era miúda a tradição fazer árvore a dia 8 (dia da Imaculada Conceição). Este ano a loucura, por essas redes sociais fora, foi fazer a árvore durante o mês de Novembro. Não entendo nem quero, cada um sabe de si. Mas perturbou-me tanta urgência no Natal. Dificilmente trará a família, somos muito e o bom senso fala mais alto. Valham-nos as tecnologias e as videochamadas para estarmos todos mais perto, ainda que longe.

O Natal chegou cá a casa. Que venha e traga paz e amor a todos e pelo mundo.

A5AB421F-72A1-4BDA-9ECB-06BCDEF4568A_1_201_a.jpeg

Claro que o gato Mateu está que não se aguenta de curiosidade com a mini árvore deste ano. Há de pensar - então e como é que eu me escondo aqui dentro? (adora fazer isso na árvore grande).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:07

Vi ainda ontem, antes de me deitar, a notícia da morte de Sara Carreira, filha de Tony Carreira, num acidente de viação. A minha primeira reacção foi de choque, seguida de horror ao ver as imagens do que restou do carro onde ela e o namorado seguiam. Vinte e um anos... a minha filha tem só menos um. Conheço da família Carreira o que toda a gente sabe. Não sou seguidora sequer de nenhum deles, mas admiro o percurso de todos e cá em casa há uma fã do David Carreira e seguidora dos irmãos também.

O que não me sai da cabeça é mesmo a morte daquela jovem, que podia ser minha filha. Vi as notícias durante bastante tempo ainda, dormi mal com o pensamento daquela morte a assolar-me constantemente e a primeira coisa que fiz hoje, ainda que inconscientemente, foi ligar a televisão e continuar a ver as notícias sobre o tema. Comovo-me com as imagens, comovo-me de pensar no sofrimento indescritível pelo qual aquela família está a passar. Não consigo sequer imaginar. Vieram-me à  cabeça todas as memórias de tudo o que já passei com a minha filha, todos os momentos tão difíceis que ainda assim estão a anos luz deste sofrimento, na certa. Penso nos meus filhos, com uma vida inteira ainda pela frente, tal como a Sara. Menina que os pais nunca mais irão ver, dor que tempo nenhum do mundo conseguirá curar e irão sempre sentir.

A vida é mesmo um sopro e num instante tudo muda, o tempo pára. Como será possível continuar a viver depois de tamanha tragédia? Os meus pensamentos e orações estão com aquela família, que não conheço, mas que nesta hora parece que sim. 

Meus ricos filhos, Deus os proteja e guarde de algo assim. Deus a quem nesta hora eu pergunto, porquê? E a quem peço ao mesmo tempo que me livre e guarde de tal sofrimento.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:39


Mais sobre mim

foto do autor


bertrand


Instagram


2021 Reading Challenge

2021 Reading Challenge
Cátia has read 1 book toward her goal of 12 books.
hide




Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D



Comentários recentes