Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




65 dias em casa

17.05.20

Hoje é o meu 65.º dia em casa. O último de um confinamento total. A partir de amanhã regresso aos poucos a uma suposta normalidade. Regresso ao trabalho, mas não em pleno. Irei amanhã fazer as oito horas de trabalho e depois o objectivo é irmos uns dias sim, outros não. Ninguém volta em pleno, pelo menos para já. Foi na sexta-feira que soube que iria regressar aos poucos. Primeiro pensamento foi, até que enfim. Segundo pensamento, será que é seguro? Estou num misto de sentimentos desde então. É verdade que a vida tem de normalizar, mas a que custo? Estaremos de facto prontos para voltar? Quero muito voltar à normalidade, mas neste momento, que normalidade é esta? Uns dias sim, outros não, uns dias a meio tempo, outros a tempo inteiro. Ainda por cima num gabinete de cinco pessoas só duas podem voltar. Entre acompanhar crianças em tele escola e doente de risco, é o que resta. 

Então e o resumo deste isolamento? Muita obrigação e pouca devoção. Trabalhei como se no escritório estivesse, logo não me sobrou tempo para quase nada. Não cozinhei por aí além, não fiz pão, não li tudo o queria, nem vi todas as séries ou filmes que tenho por ver. Não arrumei a casa até já não saber mais o que fazer, nem fiz renovações ou mudanças. Não me cansei de estar em casa, nem nunca perdi a noção dos dias. A trabalhar dez a doze horas por dias não sobra tempo para muito mais. Se gosto de trabalhar em casa? Gosto e até bastante. Mas devo confessar que me fazem falta as pessoas, as conversas o contacto com os outros. E agora como irá ser? Acho que nada será como dantes. A pausa para o café ou a ida à máquina da água a pensar se estou afastada dos outros o suficiente, se os outros ou eu estaremos de facto bem de saúde. As refeições como irão ser? Partilhar um espaço fechado e relativamente pequeno com os outros é algo que não me apetece de todo. Para já ficarei no meu gabinete até durante a hora de almoço. Novas rotinas numa normalidade que de normal não tem nada. A ver vamos como irá correr. Para já a ansiedade está a ganhar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:35

13 de Maio

13.05.20

Era suposto estar em Fátima hoje. Teria terminado ontem a peregrinação e hoje assistiria às cerimómias no Santuário. Quis o destino que assim não fosse. Estou de coração e com a mesma fé de que se lá estivesse. A fé não se explica sente-se. A peregrinação, essa, este ano está adiada para Outubro. 

Há uma ano estava um mar de gente e um dia de verão, sol e calor, um consolo para a alma a juntar ao consolo da fé. Hoje está um dia feio e chuvoso, deve ser Nossa Senhora a lamentar não ter por lá os peregrinos. 

Há um ano, na procissão das velas, Fátima estava assim:

E7276EAA-1D81-4219-B752-4691D0E5AC28.jpeg

Ontem a contrastar estava assim:

image.aspx-3.jpeg

Mesmo assim não deixei de me comover com as imagens, com a procissão e com as palavras do Cardeal.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:08

Não fosse o Covid-19 e a pandemia, hoje teria sido dia de pôr pés ao caminho pela terceira vez. Teria iniciado hoje a minha terceira peregrinação até Fátima. Tomei-lhe o gosto e estava ansiosa por mais esta peregrinação. Para já está adiada para Outubro, oxalá seja possível por essa altura. Que as nossas vidas já tenham retomado a normalidade possível num cenário pós pandemia. 

Até lá e por estes dias há a sugestão do Santuário há a possibilidade de ser Peregrino pelo Coração. Gostei da sugestão.

8A1DEEE6-94C6-499D-A8E0-A8D13D3387CE.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:08

Este fim-de-semana, enquanto fazia zapping na televisão vi que estava a dar o filme "Império do Sol", não consigo precisar em que canal (AXN Movies? Fox Movies? Qualquer coisa do género). Que filme do catano, gostei tanto de o ver como da primeira vez. Caramba quanto tempo passou. Lembrei-me de o ter ido ver com o meu avô (companheiro de todas as aventuras) ao Cinema Mundial (hoje já não existe). Na televisão, não tinha começado há muito tempo e andei para trás para rever. Chamei os meus filhos para verem comigo. Ainda bem que o fiz, eles gostaram e viram uma pequena amostra de uma realidade não muito longínqua e que faço questão que conheçam. Pode ser que parem de reclamar da pandemia e de estarem fechados em casa há quase dois meses. Pelo menos fizeram esse comentário, que a guerra foi sem dúvida muito pior. Concordo, venham de lá três ou quatro pandemias a termos de passar por uma guerra, sem dúvida. 

Logo nas cenas iniciais do filme, comentei - o que será feito do miúdo que fez este filme? E fui espreitar no IMDb. Qual não foi o meu espanto ao perceber que não é nem mais nem menos do que o Christian Bale. Ando mesmo a leste, só pode. Não fazia mesmo ideia. Serei a única? Quiçá. Até parece que vivo numa caverna, credo. Claro que ao longo do filme fui identificando no miúdo Jim as feições e expressões do actor nos dias de hoje. E que bem cresceu o pequeno Jim, confesso que acho o Christian Bale um homem muito interessante. Nas últimas imagens que pesquisei no google precebi que a idade não lhe está a ser muito meiga, ainda assim... acho-lhe graça.

Foi um belo programa para a tarde de Domingo. Numa altura é que é tão difícil, quase impossível até, arranjar um programa que agrade a todos ao mesmo tempo. Mas sobre este tema farei um post em breve.

tumblr_6704e0414699eab397a5de8f7d8bdc24_b7492d63_4

Quem o viu e quem o vê.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:50

Assinalou-se hoje o primeiro Dia Mundial da Língua Portuguesa. Ouvi a notícia logo de manhã e senti orgulho, confesso. A língua portuguesa é falada por mais de 260 milhões de pessoas em todo o mundo nos cinco continentes, ou seja, 3,7% da população mundial. Impressionante. É a 4ª língua mais falada no mundo. É a língua oficial dos nove países-membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) (Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste) e Macau, bem como língua de trabalho ou oficial de um conjunto de organizações internacionais como a União Europeia, União Africana ou o Mercosul.

Adoro a língua portuguesa, acho-a poética e encantadora. Nenhuma língua me soa como a nossa. E até tem no vocabulário uma palavra que não tem tradução em nenhuma outra língua no mundo: Saudade. Palavra que adoro, e que tem uma força e sentimento imensos. 

Compro algumas vezes literatura inglesa por ser muito mais barata que a portuguesa, mas gosto muito mais de ler em português e gosto muito de ler autores portugueses, sem dúvida. Gosto muito do João Tordo, o meu livro preferido dele é "As Três Vidas", e também de Afonso Cruz, de quem recomendo "Jesus Cristo Bebia Cerveja", é maravilhoso. E os clássicos? Tão bem e tão bom se escreveu em português. Eça e o seu "Os Maias" (um dos meus livros preferidos de todos os tempos), Camões e o seu "Os Lusíadas" (que todos abominaram na escola e eu gostei, li cada canto com encanto) ou Garrett e as suas "Viagens na Minha Terra" (por onde viajei e sonhei). 

newsletter-5-de-maio-foto-de-introducao.jpg

Imagem dgae.mec.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:54


Mais sobre mim

foto do autor


bertrand

Halloween 2020 | Livros de Arrepiar - MREC

Instagram


2020 Reading Challenge

2020 Reading Challenge
Cátia has read 0 books toward her goal of 14 books.
hide




Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D



Comentários recentes