Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Férias!!!

31.07.14

Estou a partir de hoje de Férias. Yupi!!!!!!!!!!!!!!!!!

Estava tão necessitada de férias mesmo férias, algo que nas últimas em Junho não consegui. Mas isso agora não interessa nada, o que interessa mesmo é que estou de férias. Sem horários, sem compromissos, com dias com tempo vagaroso, com tempo para ter tempo.

Vivam as férias!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 22:01

A festa não podia ter corrido melhor. Se na festa do Manuel no mês passado estava tudo mais sério (consequência dos últimos acontecimentos, ou não) desta feita estávamos todos muito bem dispostos. Eu andei armada em paparazzi e fotografei tudo e todos, em jeito de brincadeira, todos gostaram e assim consegui fotografar até a minha mãe para memória futura, pois tenho muito receio que este tenha sido o último aniversário da Bárbara que ela presencia. Pela altura do aniversário do Manuel ainda não me tinha dado conta de tal facto, teria feito o mesmo.

Gosto muito deste entendimento, de nos reunirmos todos, família do pai e nós cá de casa, cá em casa. Gosto muito deste entendimento que conseguimos arranjar eu e o pai. Os meninos adoram estas festas em conjunto. Nos primeiros dois anos, depois de me separar, tiveram a festa da mãe e a festa do pai, mas gostam muito mais que seja assim. Por eles, tudo.

Para a prenda também nos juntámos, pais, avós e tios, e oferecemos-lhe uma bicicleta nova (tal como já tínhamos feito com o puto). Ao invés de várias prendas nossas, se calhar com muito menos utilidade e que ela gostasse até menos, assim compramos uma "mega" prenda. Ainda bem, pois todos com orçamentos limitados não conseguiríamos oferecer-lha. Ela gostou tanto, ficou tão feliz. Ainda juntei mais um miminho, um livro da colecção "O Diário de Um Banana", que tanto sucesso tem cá em casa. Para receber a prenda, teve de seguir várias pistas que elaborei até chegar ao local onde estava a bicicleta, sendo que a primeira pista estava embrulhada como se de uma prenda se tratasse. Foi tão giro. Para a Bárbara ficará na memória, sem dúvida, este 14º aniversário.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:00

E assim, como que num abrir e fechar de olhos passou se mais um ano e chegamos a mais um aniversário. E já lá vão 14. Ca-tor-ze! Mais um ano de duras provas que conseguiste superar. Foi o ano de colocação do implante coclear, de novas aprendizagens, como sons do quotidiano que te eram estranhos, de ouvir de uma nova forma e tão melhor. Foi difícil, mas valeu tanto a pena. Foi mais um ano de muito trabalho, mas foi o ano lectivo que conseguiste ter melhores notas, acima da média até para uma menina com necessidades educativas como tu. Esta mãe é tão chata quando te pede sempre só mais um esforço, mas no fim vale sempre a pena. Tu sabes disso, mas a adolescência é tramada e às vezes tolda o discernimento.

Foi durante este ano que consegui finalmente que aprendesses a andar de bicicleta. Noutro patamar enfrentamos a grave doença da avó, de um momento para o outro mais uma reviravolta. Tens a perfeita noção que o cancro é fatal, e não imagino sequer as marcas que este acontecimento pode deixar numa adolescente como tu. Na adolescência tudo é mais do que parece. Temos todos a vida virada do avesso, tu ainda mais, prontamente cedeste o teu quarto para que a avó pudesse viver connosco. Sabes bem que ela tem o tempo contado. És a maior. Como diria o Greg: Bárbara, tu rulas!!!

Embora continues medrosa, estás mais desenrascada. Tens um feitio tramado, e não poucas vezes te "vingas" em mim das "maldades" que os outros te fazem. Diz que faz parte e eu vou levando da melhor forma que posso e sei. A culpa essa malvada é que me pesa que farta, umas vezes mais que outras. Se por um lado me culpabilizo, sem saber mesmo bem de quê, por outro quando paro e avalio racionalmente as coisas, até acho que ando a fazer um bom trabalho.

PARABÉNS, miúda linda do meu coração!!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:00

Ontem lá fui no meu primeiro treino com as Just Girls, que foi também o primeiro trail e gostei muito de participar nesta iniciativa. Mesmo conhecendo parte do percurso e estando quase em casa, ia com algum receio (tolices minhas), tipo quando lá chegasse como seria, como identificaria o grupo, diria o quê, enfim... Assim que cheguei tudo passou, só me senti algo estranha pois todas conheciam alguém, menos eu, devia ser das poucas que estava sozinha. Mas como não sou garota de me atrapalhar com estas coisas rapidamente me passou. O ponto de encontro era às 9H00 e tipicamente "tuga" eram 9h27 e ainda não tinham chegado todas as inscritas, que aliás foram chegando a conta gotas. Às 9H30 lá iniciámos o aquecimento, fácil, fácil. O espírito, a motivação e a postura da running crew é muito boa. À chegada ao ponto de encontro fizemos o check-in e recebemos logo um dos brindes deste treino os elásticos invisibobbles para usarmos e testarmos logo durante o treino.

O treino dividiu-se em três grupos: corrida 10km, corrida 5km e caminhada 5km. Primeiro saiu o grupos dos 10km, seguidos  pelo grupo dos 5km e só depois saímos nós o grupo da caminhada. Gostei do espírito de grupo, da política do não fica ninguém para trás e gostei da prova em si. Nunca tinha feito trail e achei muito engraçado. A Joana Malcata (que liderava a equipa) ainda se baralhou por duas vezes no percurso, mas foi muito giro ainda assim. Achei que iria ser muito mais puxada a caminhada, mais díficil o percurso, no final fiquei com um gostinho de soube a pouco. Afinal podia ter arriscado a corrida dos 5km. Mas foi um princípio e nestas coisas é preciso é começar. Venha o próximo treino (trail ou não) que eu desde que possa lá estarei firme e hirta. Go Girls!!!

 

Os invisibobbles são mesmo bons e em todo o treino não tive de refazer o rabo-de-cavalo uma única vez. Aprovadíssimo, não escorregou, cabelo sempre bem preso até ao fim. Já sabia que haveria amostras de protector solar Bioderma, assim como outros produtos da marca, mas não sabia que haveria para aplicação antes do treino e como lula que sou, saí de casa já protegida. Para as desprevenidas lá estava e ninguém saiu escaldado.

A água de coco Cocomax no final quando o calor já apertava soube mesmo bem para repor a hidratação. Para casa trouxémos outros gifts bem simpáticos. A reter que a inscrição foi a custo zero.

Fharmonat; Vitamina-te; Fruut; Happy; Protex Sport;

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:29

Pode revelar-se uma tarefa quase impossível. E ao mesmo tempo um teste à resistência e paciência do mais santo.

Uma tia do marido deu-nos um colchão e respectivo sommier. O colchão de muito melhor qualidade que o nosso e praticamente novo nós aproveitámos (ela teve de o substituir por dois individuais xpto, articulados, ortopédicos etc., depois de um acidente de carro que ela e o marido sofreram com ferimentos bastante graves). O sommier por sua vez não nos dava jeito nenhum e eu gosto muito da minha cama Ikea Malm. Se tivesse arrumação por baixo ainda teria pensado nisso, mas assim não. Resultado: fiquei com um colchão e um sommier ainda bons (para venda é que já não) que me custava deitar fora. Ainda estive vai não vai para ligar para a câmara para agendar a recolha, mas optei por procurar uma instituição que precisasse ou encaminhasse para quem precisasse de facto. Foi aqui que a coisa se complicou. Ligámos para vários locais, associações, centros sociais o que fosse. Ninguém queria ou não tinha como recolher ou então por ser de casal não dava. Ao fim de dois dias fomos contactados de volta por uma associação que estava a ajudar famílias a quem tinham sido entregues as últimas casas da CMO. Casa dão, mas as pessoas carenciadas que são algumas, não têm como mobilar as ditas casas. A coisa arrastou-se, voltei a ligar mais duas vezes e se estivesse à espera as coisas ainda estavam aqui em casa. Por coincidência, ou não (lá vem a questão de que Nada Acontece por Acaso), por esses dias quando fui a Algés ao banco, mesmo ao lado vimos uma loja da Associação Despertar (até foi a minha mãe que ficou no carro que reparou). Na montra informam que recolhem bens usados e em bom estado, lá fomos perguntar como funcionava, se estavam interessados e como faziam as recolhas. Veio mesmo a calhar. Utilizam o que faz falta, vendem o que não faz e utilizam as verbas para ajudar as pessoas através da associação. Gostei da ideia, e de toda a traquitana que tenha e não dê para venda, é onde farei chegar. Até aquele bibelot mais caricato e velh que alguma avó ou tia nos deu, ali pode ter utilidade. No dia seguinte vi finalmente as coisas tiradas de casa, estava a dar em louca, eu que tenho a mania das arrumações ter a casa atravancada com um colchão e um sommier encostados às parede do corredor.

Foi por muito pouco que as coisas não foram mesmo fora, mas ainda bem que esperei. Para venda não davam nem para mim nem para a associação, mas iriam ser entregues a uma família.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:00

Fui à Primark

10.07.14

Fui nas férias, num dia de semana, já para ver se evitava a confusão que dizem ser sempre estas lojas. Isso pelo menos consegui, a coisa estava relativamente tranquila. Só tinha ido uma vez, na altura à do Forum Sintra (ainda não existiam outras) e consegui com pouco dinheiro comprar coisas bem giras e que faziam falta, para mim e para os meninos. Bem, desta vez fui cheia de expectativas, mas não gostei. Devo ser uma qualquer espécie de ave rara, só pode, pois toda a gente fala que vai e gosta, seja dos preços ou dos artigos, as enchentes são comuns. Os preços eram sem dúvida e no geral muito simpáticos, mas os produtos (não todos, é claro) deixaram muito a desejar.

Para mim comprei apenas camisolinha de alças em algodão (tipo básico), pois o restante não me seduziu. Ainda fui experimentar umas calças de linho (adoro calças de linho), mas não me convenceram na totalidade e por isso lá ficaram. Os calções que vi eram engraçados, mas já tinha vistos uns no Jumbo (mesmo ali ao lado) mais giros e mais baratos. Nos sapatos de senhora havia de tudo um pouco, mas a bela da sabrina, que era o que eu precisava, comparando com as que já tinha visto do Jumbo (€ 5,00) ou Continente (€ 6,99), optei por não comprar. Não vi vestidos compridos que eram o meu objectivo, dos curtos pouco havia e eram estranhos (para ser simpática).

Já para os miúdos o cenário muda qualquer coisa, mas só comprei dois conjuntos de roupa interior para ela, isso sim a fazer falta. Para a outra criança como ainda há pouco no aniversário ganhou bastante roupa, não prestei grande atenção ou melhor não vi com olhos de ver.

O que vi no geral deixou-me bastante desiludida. Se calhar eram as minhas expectativas que iam altas demais.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:36

A sério!?

10.07.14

Fiquei impressionada, hoje a caminho do trabalho quando passei na marginal na zona do Nos (ex-Optimus) Alive 2014, com a quantidade de pessoas que já estavam a aguardar a entrada no recinto. Não devia, afinal todos os anos é a mesma coisa, mas este ano eram ainda mais. Tanto mesmo ali bem pertinho das grades da entrada como nas proximidades. Por um lado gabo-lhes a paciência, por outro não entendo.

Afinal é um festival com vários palcos, várias actividades, tanto para ver e para fazer. Estão ali a garantir o quê? Um lugar mais perto do palco? Qual palco? E tudo o resto que acontece no recinto? Pagam um dinheirão por uma entrada num festival e ficam ali pespegados num só local? Mas se calhar sou eu que entendo as coisas de outra forma. E nestas coisas também gosto de chegar cedo, mas loucura assim acho demais. Tenho muita pena de não puder lá ir, particularmente hoje que considero o melhor dia de cartaz, mas como moro bem pertinho vou até às proximidades para pelo menos ouvir qualquer coisa (ou tentar, vá).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:25

Quando fui por gasolina no carro, estava na bomba um casal assim já para o entradote, a lutar com um pneu furado. O senhor até o macaco estava a colocar de pernas para o ar. O meu marido que até percebe alguma coisa de carros e para quem mudar um pneu é uma coisa bastante básica, lá foi e disse-lhe: "olhe que não está a colocar o macaco correctamente" ao que o senhor respondeu completamente surpreso: "Ai sim?" e pronto prevendo que a coisa se complicava lá lhe substituiu o pneu. A senhora só agradecia, estavam um bocadinho perdidos coitaditos. Ainda por cima na véspera tinham sido abalroados por um camião que lhes arrancou o pára choques traseiro. Num instante o pneu estava substituído e nós seguimos o nosso caminho. Gosto desta coisa de ajudar os outros. Ainda acredito que as pessoas não olham todas para o próprio umbigo. Eu pelo menos não e até já penei por causa disso, pois os outros tendem a tomar-nos por parvos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:39

The Bridge

09.07.14

Estreia esta sexta-feira dia 11, a segunda temporada desta série "The Bridge". Pois que gosto muito, tive pena que a primeira temporada tivesse apenas doze episódios. Foi com agrado que recebi esta notícia. A estreia será no canal Fox às 21h20. Ora cá está um programinha para uma sexta à noite sossegadinha. Para mais informações fica o link para o Sapo TV: http://tv.sapo.pt/noticias/segunda-temporada-de-the-bridge-estreia-esta-semana-na-fox.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:36

Férias do pai

08.07.14

Mais um ano lectivo que passou, mais umas férias grandes que começam e com elas vêm as férias do pai. Se me custa sempre "deixá-los" ir este ano então está a ser terrível. Apetecia-me ficar com os meus filhos só para mim. Bem sei que não seria nem justo nem tão pouco correcto da minha parte. Quer eu concorde ou não (particularmente com as postura do pai em relação aos miúdos) os miúdos gostam de ir para pai (umas vezes mais que outras), eu vou estar a trabalhar mesmo e o pai está de férias, assim é também uma forma de se abstraírem um bocadinho da doença da avó e da reviravolta que a nossa vida sofreu com isso. Ainda só foram ontem e eu já os quero cá de novo. Anos houve em que até me sabiam bem os primeiros dias de sossego, mas rapidamente o vazio da casa era maior que tudo e trazia as saudades. Este ano as saudades começaram ainda antes de eles irem embora. Para amenizar as coisas tenho de me lembrar que quinze dias passam a correr, ainda por cima a Bárbara faz anos na próxima semana e a festinha (jantar de aniversário connosco e com a familía Adams) será cá em casa na mesma (agradeço o entendimento que consigo ter com o pai nestes assuntos). Quando der conta já voltaram e de seguida entro de férias e estou com eles outra vez :). 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:54

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Instagram


2019 Reading Challenge

2019 Reading Challenge
Cátia has read 0 books toward her goal of 12 books.
hide



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D



Comentários recentes