Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Este fim-de-semana ideias e coisas giras não faltam. No âmbito do dia da criança há imensas coisas giras, mas não é só.

Começam as Festas de Oeiras, que são para mim como que o abrir das "hostilidades" no que diz respeito a feiras e feirinhas, que adoro por sinal. Adoro as tasquinhas, os produtos regionais, a bela da sardinha assada, as barraquinhas de artesanato (cada vez há mais ideias e coisas giras e jeito para as por em prática). O cartaz de concertos este ano deixa-me um bocadinho a desejar, mas ainda assim é sempre agradável ir até ao recinto da feira no Jardim de Oeiras. 

Está a decorrer, até amanhã, a Feira Náutica do Tejo, que não conheço embora já vá na 3ª edição, mas este ano vou até lá espreitar. Ainda por cima fica bem perto de casa, dá para ir a pé ou de bicicleta.

logo

Amanhã há mais uma actividade Mexa-se em Oeiras, que aproveito sempre com ou sem miúdos (que será o caso, estão no pai).

Depois é dar um saltinho ao 1º "Matis Festival - Your Market Show", no Parque do Palácio Anjos, em Algés, uma ideia com o apoio da CMO, que surge no âmbito de apoiar Mães, que criaram os seus próprios negócios, a partir de casa. Entrada livre, contará com várias marcas de roupa, puericultura, decoração e terá, também, muita animação pensada para os mais novos. 

 

Como se tudo isto fosse coisa pouca, está já a decorrer também a FEIRA DO LIVRO DE LISBOA!!!!! A minha grande perdição. O que eu gosto de ir até lá. Este ano também renovada (estou desejosa de ver os novos stands), com direito a área de restauração e tudo e tudo e tudo. Mais alguma informação aqui, aqui e aqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:46

Parabéns!!! Hoje o Jardim Zoológico de Lisboa faz 130 anos. É mesmo de comemorar, principalmente a crescente preocupação e respeito para e com os animais, que já não são só bichos que para ali estão, são sim criaturas a que se promove a preservação e se cuida de forma mais próxima possível com cada um dos seus habitats.

Eu adoro o Jardim Zoológico e ando, há algum tempo, cheia de vontade de lá voltar com os miúdos, mas os preços dos bilhetes fazem-me sempre hesitar. Se há coisa que não abunda por estes lados é disponibilidade financeira e para dois adultos e e duas crianças (uma já a pagar bilhete normal), não é assim tão pouco o valor a pagar. E não há meio de encontrar (se é que alguma vez houve) daqueles vouchers a preços mais baixos. Estas férias quero mesmo tentar lá ir, a ver. O miúdos já lá foram com as respectivas escolas, Já lá fui com A Bárbara, embora bem mais pequena, mas com o Manuel nunca fui  :(. Já estão mais crescidos, têm outro entendimento e até outra forma de ver e valorizar as coisas, será uma experiência completamente diferente.

Desde que a campanha "Traga as suas pequenas feras para conhecer as nossas" começou, ainda tenho mais vontade. Adoro a campanha, está mesmo, mesmo gira. Assenta que nem uma luva nas feras cá de casa.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:01

No que toca ao assunto exames nacionais, cada pérola é melhor que a anterior. Esta semana o Manuel não vai ter aulas nem hoje nem quinta-feira, pois a professora titular de turma está destacada para correcção dos ditos exames. A escola num discurso politicamente correcto, pede ao abrigo do artigo x do decreto-lei xpto, que os meninos nesses dias não vão à escola. Ainda diz que os meninos que forem, serão distribuídos por outras salas, o que sempre me complicou um bocadinho com o sistema confesso e que também é prática habitual quando a professora falta. A pesada "máquina" burocrática que faz este país mexer é indescritível...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:06

E já está o de matemática também! Manuel 2 - Nervos 0. Embora houvesse muito nervosismo, já não havia o factor desconhecido, e isso ajudou. Mesmo com medo do grau de dificuldade, afinal também achou fácil, mas não tanto como o de português. Agora há que esperar por dia 12 de Junho que saiam as notas dos ditos exames. Boa puto!!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:06

E o mais grave é que eu nem pelo verão dei e nem à praia fui. Ainda me estava a habituar a sentir o calorzinho lá fora e já faz frio e chuva outra vez. Diz que é suposto estarmos quase no verão, mas pelos vistos o inverno não nos quer largar. Que dia de temporal que se pôs hoje. É assim hoje e nos próximos dias, com tudo o que não se quer, granizo, vento, alerta laranja e tudo e tudo e tudo. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:23

Depois da toracotomia, o que mais se temia está confirmadíssimo. Se ainda havia alguma réstia de esperança, mesmo com todos os indicadores a apontar para o pior, agora já não há. A esperança agora é no eventual tratamento. Qual será, como será e quando começará. Sexta-feira vou com a minha mãe a uma consulta de oncologia pneumológica (cada palavrão novo é pior que o anterior). Até lá há que esperar para saber a verdadeira gravidade do tumor, qual o estágio, etc. E a bendita cintigrafia que também nunca mais sai...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:09

O de português já está! Manuel 1 - Nervos 0. Estava todo contente quando o fui buscar: "Foi super fácil mamã! Não custou nada, tive tempo para tudo."

Depois do exagero, de tudo o que se disse e fez, os meninos puderam perceber que afinal não era nenhum bicho papão. Isto tudo irritou-me um bocadinho e pelo que vi em tudo quanto foi Telejornal, Jornal da Noite e afins, a comunicação social também ajudou à festa da tolice.

A ver vamos como corre o de Matemática que é já na quarta-feira. É sempre a disciplina mais fácil para o Manuel, as expectativas são boas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:50

Exames Nacionais

18.05.14

Esta semana há exames nacionais para alguns milhares de alunos em fim de ciclo, como é o caso do puto cá de casa que está no 4.º ano. Que são exames nacionais, sim senhora, que contam para a nota do final de ano tudo bem, mas aterrorizarem as crianças com isso parece-me absolutamente despropositado. É coisa séria e importante, é, até porque para os meninos do 4.º ano é a primeira vez que passam por uma avaliação assim, com tempos cronometrados, com outros professores que não o de todos os dias, noutra sala de aula (no caso do Manuel), ou até outra escola (para tantos outros meninos), mas não é um bicho de sete cabeças, não é nada do outro mundo. Tem sido um exagero tudo o que se diz e passa às crianças por causa dos ditos exames, a começar na professora, que quer parecer-me está com mais medo que os alunos, e os pais que fazem disto quase um exame de fim de curso da faculdade, como se a vida futura dos miúdos dependesse disto.

Na reunião de pais, do início deste período, deu para perceber que tanto a professora como os pais estavam a exagerar sobre a questão, havendo até um pai que extrapolou a questão de uma forma que até me chocou. Perguntou à professora se no caso de o filho não ter a nota máxima (é o melhor aluno da turma) poderia repetir o exame na segunda chamada. Só pensei - Oi?!... estas crianças, são só crianças ainda e estão no 4.º ano... isto é tão desnecessário... para quê tamanha pressão. Outros pais acusavam a professora de não ter preparado os meninos suficientemente bem, que a matéria tinha sido dada à pressa. Eu outra vez - Mas isto é um exame de final de ciclo, logo abrange os quatro anos que passaram e não só o que estão a dar agora... Se calhar sou eu que sou demasiado descontraída, sei lá. 

Sendo o Manuel um dos melhores alunos da turma, estava bastante descansada com a questão dos exames. Fomos falando sempre sobre o assunto, já tem desde o início do ano um manual de apoio e preparação, de onde tem conseguido com bastante facilidade fazer os exercícios e fichas, mas há umas semanas comecei a notá-lo nervoso, preocupado e até ansioso com o assunto. A professora (pressionada ou não) quase que lhes incute medo, atitude que condeno completamente, como se não fosse suficiente o desconhecido que enfrentam para os afligir.

Resultado, a pedido do Manuel e com o meu acordo, claro, para o ajudar a sentir mais confiança, acabei por comprar mais um manual de preparação que ele já completou quase na totalidade e sem grandes dificuldades. Deixou apenas, por indicação minha, um dos exemplo de prova global para realizar amanhã já depois do exame de português, uma vez que depois já não há aulas e vem cedo para casa. O fim-de-semana foi de muito estudo, a Bárbara também tem testes importantes esta semana. Custa-me tanto estes fins-de-semana em que não podemos aproveitar mais o solinho e o tempo bom que faz lá fora. Verdade seja dita que assim é também porque como era fim-de-semana do pai, mas ficaram para estudar, vão depois do lanche para jantar com o pai.

As férias estão a menos de um mês, está quase.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:03

Toracotomia

17.05.14

A toracotomia é uma intervenção que consiste na abertura da parede torácica para observar os órgãos internos, obter amostras de tecido para a sua análise e para o tratamento das doenças dos pulmões, do coração ou das artérias principais.

Apesar de este procedimento ser um dos mais exactos para avaliar as doenças pulmonares, trata-se sempre de uma intervenção cirúrgica importante e, por conseguinte, pratica-se com menor frequência que outras técnicas de diagnóstico. A toracotomia utiliza-se quando os procedimentos de toracentese, a broncoscopia ou a mediatinoscopia não dão informação suficiente. É possível identificar a causa do problema pulmonar em mais de 90 % das pessoas que se submetem a esta intervenção, porque se pode observar e seleccionar o ponto de onde se extrairá uma amostra de tecido que pode ser de tamanho suficiente.

A toracotomia pratica-se sob anestesia geral na sala de operações. Faz-se uma incisão na parede do tórax e extraem-se amostras de tecido pulmonar para o seu exame ao microscópio. Quando se requerem amostras de ambos os pulmões, é frequente separar em dois a caixa torácica. Em caso de necessidade, é possível extirpar um segmento do pulmão, um lobo ou o pulmão completo. A seguir, introduz-se um tubo torácico que se deixa colocado durante 24 a 48 horas. Geralmente, o doente permanece hospitalizado durante vários dias.

(Fonte www.manualmerck.net)

Mais um "palavrão" valente que fiquei a conhecer nos últimos tempos. Foi a cirurgia a que a minha mãe foi submetida para se saber finalmente com o que contamos, qual o tipo, gravidade e para se definir finalmente qual o melhor tratamento para a malfadada neoplasia maligna que habita no pulmão esquerdo dela. O pior é o tempo que tudo isto demora. Desde a cirurgia já lá vão quinze dias. No entretanto fica também uma cintigrafia óssea para saber se há metástases a tratar também. Esta semana prevejo que seja uma semana difícil, pois é a semana dos veredictos finais. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:28

Roteiro 30 Dias

11.05.14

Com muito orgulho fui convidada para escrever para a rubrica {b} log in do Roteiro 30 dias, publicação periódica do Município de Oeiras.

Página 19 do Roteiro.

Quando recebi o convite fiquei até com um friozinho na barriga - Ok, e agora o que é que eu escrevo? - Estreante nestas andanças de escrever sobre mim, o blog e a minha relação com Oeiras ainda por cima num "curto" prazo de 3 dias apenas. Pensei que ia ser complicado, mas não foi, pelo contrário. E gostei muito.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:28

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Instagram


2019 Reading Challenge

2019 Reading Challenge
Cátia has read 0 books toward her goal of 12 books.
hide



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D



Comentários recentes