Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Com as ausências do ex-Presidente da República Mário Soares, do socialista Manuel Alegre e dos dirigentes da Associação 25 de Abril mas sem cadeiras vazias, o plenário da Assembleia da República assistiu com sorrisos e rostos de alguma surpresa e emoção à canção que ao fim da noite que há 38 anos abriu caminho à ação dos militares. ©Lusa

imagem http://sol.sapo.pt/

 

...mas na assembleia nas comemorações do 25 de Abril estavam milhares de euros dos contribuintes, claro, nos cravos vermelhos. Seria mesmo necessário? Não com certeza.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:02

Dear V.

23.04.12

 

Be strong. You can handle it.

You deserve all the best.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:20

Foto Facebook Havaianas Europe Official

 

Gosto mesmo muito, das primeiras em particular. A menina quer!!!!

 

Sempre tive uma paixão por havaianas, e estas então acho-as lindas de morrer. E nunca mais é verão...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:33

Esta é a cópia que o Manuel trouxe para tpc de fim-de-semana:

 

"O coração de mãe não é só

um músculo que bate sem parar.

É um lugar mágico onde acontecem

as mais extraordinárias das coisas...

O coração de mãe está ligado a cada coração

de filho por um fio fininho,

quase invisível.

É por causa deste fio que tudo

o que acontece aos filhos

faz acontecer alguma coisa

dentro do coração de mãe.

Quando os filhos dão gargalhadas,

o coração de mãe até dança.

Quando um filho está triste,

o coração de mãe

parte-se em mil bocadinhos."

 

Texto: Isabel Minhós Martins, Coração de mãe, 5ª edição, Planeta Tangerina, 2010 (excerto), no livro Alfa Língua Portuguesa 2, Porto Editora

 

No final da cópia pergunta o Manuel - Mãe é verdade? O teu coração dança?

Respondi: Claro que dança meu filho, a cada gargalhada que tu dás.

 

Se eles, filhos, soubessem o que sentem os nossos corações por este amor incondicional pelos filhos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:51

Pastilhas Gorila

06.04.12

Vi hoje no Imagens de Marca que as pastilhas Gorila vão voltar ao mercado português, ao fim de 10 anos dedicados apenas à exportação. Oh...foi um regresso à minha infância, ao imaginário. Fiquei tão contente, é uma marca que me é tão querida. Tenho de ir à procura, o que não há-de ser difícil, pois dizem que se vendem em qualquer quiosque, café e afins. Quero!!!!!!

São produzidas actualmente dois milhões e meio de pastilhas por dia...é muita pastilha! E 75% da composição é feita com matéria nacional o que me prece tão bem, nesta altura em que tudo se diz mau, em que só se fala de crise.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:15

O Hospital Egas Moniz tem um serviço que eu desconhecia por completo, de seu nome Gabinete do Utente. Tive conhecimento através de uma colega e bem que me valeu. Para quem já tentou contactar o serviço de oftalmologia, como eu e sempre sem sucesso, foi uma bênção. A Bárbara é seguida na consulta de neurooftalmologia deste Hospital e as consultas são anuais e marcadas pelo próprio médico, portanto as requisições para nova consulta são deixadas no atendimento e há que aguardar que a carta com a nova marcação chegue a casa. Até aqui tudo bem, o problema é que tal não acontece e é sempre o mesmo inferno. Quando se aproxima a altura da marcação é preciso andar quase que a mendigar a dita consulta. Ele é liga, liga, liga e nada, ou sempre ocupado ou então toca sem resposta. Ele é por os pés ao caminho e ninguém sabe, ninguém viu, não há rasto da dita requisição. "ah e tal... tem de esperar que isso é com o doutor...". É necessária muita insistência para que finalmente a dita consulta seja marcada, e no ano passado em duplicado, mas do mal o menos.

Ora é aqui que entra o dito Gabinete do Utente. Liguei, lá contei o que pretendia, o como e o porquê, e do outro lado senhor muito preocupado pois já era final da manhã e não sabia se me conseguiria responder ainda de manhã - "se calhar só lhe consigo dar uma resposta de tarde"- e eu habituada a que ninguém soubesse dar resposta pensei "já??", e respondi - "com certeza, quando lhe for possível, agradeço mesmo é que haja resposta". Nem 15 minutos tinham passado e toca o telemóvel. Resultado consulta marcada e mil desculpas pelo sucedido.

Por um lado ainda bem que existe este abençoado serviço que nos acode, quando não conseguimos resolver as situações como utentes que somos. Por outro é uma pena que os serviços só funcionem quando são obrigados a tal e por pressão, ao ponto de haver necessidade de se gastarem dinheiro e recursos num serviço que não seria necessário existir se todos cumprissem com as suas funções e obrigações.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:24


Mais sobre mim

foto do autor


bertrand

#LERÉPODER 2020 - Mrec

Instagram


2020 Reading Challenge

2020 Reading Challenge
Cátia has read 0 books toward her goal of 14 books.
hide




Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D



Comentários recentes