Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




E se de repente, num dia como outro qualquer, à saída de casa dos meus sogros, víssemos uma casa T3 para arrendar!?

Pois que foi o que aconteceu, e depois de muita ponderação e outro tanto (ou mais ainda) de negociação lá vamos nós, a caminho de uma nova casa.

Mudar de casa era um assunto já falado, afinal a minha casa é pequena, a família aumentou nos últimos tempos e a somar a isto temos uma adolescente de 12 e um terrorista de 8 anos a partilharem o mesmo espaço. A situação começava a ser complicada, andávamos a tropeçar um bocadinho em tudo. A solução ia sendo tira daqui para ali, muda da esquerda para a direita, and so on… A ideia era durante o próximo ano começarmos a ver o que haveria no mercado, de quando em vez lá se espreitava a net na esperança de uma qualquer boa oportunidade, mas nada de muito concreto.

Naquele dia ao entrarmos no carro, olhei para cima e vi a placa de arrenda-se. Sendo um T3 e naquela localização, a primeira ideia foi, há-de ser cara. Depois pensámos, vamos ver, não temos nada a perder. Para ver não se paga e assim tiramos dali a ideia, se não virmos ficamos a pensar que devíamos ter visto. Assim foi e valeu muito a pena. O senhor da agência enquanto nos mostrava a casa lá ia dizendo que o senhorio ia fazer obras, pois a casa estava um bocadinho (bastante, vá, para ser honesta) mal tratada. Dos estores ao chão tudo precisava de uma mãozinha, para além de estar muito, muito, muito suja. Ah e tal… logo lhe dizemos qualquer coisa. O preço estava, como calculámos, fora do nosso orçamento, mas pensámos, aquela é mesmo a casa ideal para nós, e se fizéssemos uma contra proposta? Fazemos nós as obras e pedimos para baixar o valor da renda. Inicialmente o senhorio ficou renitente, mas acabou por aceitar, quando eu até já achava que tal não iria acontecer.

As últimas semanas têm sido de imeeeeeenso trabalho, todos os dias até às tantas, estamos que nem nos aguentamos. Mais o N. que eu pois afinal é a ele que têm cabido as tarefas mais árduas. Também nos têm valido e muito os amigos que nos deitaram a mão nesta hora de aperto. Estamos na recta final, quase vi o caso mal parado com o deadline cada vez mais próximo e as obras nunca mais acabavam para pudermos fazer a mudança. Foram tantas as complicações, os problemas que não paravam de aparecer, caramba, estive à beira de desistir. Ainda há muito para fazer, entre terminar as obras e o arrumar a casa, ainda temos uns dias valentes para andar aos tropeções aos caixotes até estar tudo como desejamos, mas valeu cada instante.

Esta casa onde estamos agora vai deixar saudades, foi ali que passei os últimos cinco anos, foi ali que reconstruí a minha vida numa altura que foi tão difícil, foi ali que conheci pessoas novas. Ali enfrentei este mundo e o outro, lutando pela minha felicidade, mas também ali vivi muitas coisas boas, disso não tenho qualquer dúvida.

E porque NADA ACONTECE POR ACASO, de armas e bagagens, nova casa lá vamos nós!!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:06



Mais sobre mim

foto do autor


bertrand


Instagram


2021 Reading Challenge

2021 Reading Challenge
Cátia has read 1 book toward her goal of 12 books.
hide




Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2015
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2014
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2013
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2012
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2011
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2010
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2009
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D



Comentários recentes